MACHU PICCHU: COMO IR, DICAS E DÚVIDAS

by 23:49 1 comentários
Por ser um destino rústico e incomum, Machu Picchu às vezes deixa um pouco de confusão na hora de se planejar, com muitas informações desencontradas, até mesmo durante o mochilão. Assim, é necessário se informar bem antes de viajar, e por isso agrupamos algumas questões que pairam no ar, com detalhes importantes a respeito de como chegar no Santuário Inca:

Dá pra fazer o mochilão todo por conta própria e sozinho?
Não. Algum momento você vai precisar de gente e de companhia. Pode ser um guia, que vai se fazer necessário pra explicar os pontos mais importantes; ou alguém pra acampar caso você faça a Trilha Inca completa; ou dependendo das suas condições financeiras, vale dar uma avaliada nestes pacotes ou excursões de agências, na dúvida é melhor comparar e pesquisar. Enfim, para todos os casos? Vai pra Machu Picchu? Então busque fóruns, grupos de Facebook, blogs, tudo pra se cercar ao máximo de informação e auxílio.




Eu vou visitar "a cidade de Machu Picchu"? Existe a cidade de Machu Picchu?
Machu Picchu não é sempre abordada como uma cidade. A divisão administrativa do Peru mistura um pouco as nomenclaturas, e desta forma, Machu Picchu Pueblo é tido como um distrito, mais conhecido como Águas Calientes. O distrito fica dentro da província de Urubamba, localizada na região de Cusco. E entenda que, basicamente, o que todo mundo quer ver mais é o Santuário Histórico de Machu Picchu, que é onde se situam a montanha de Huayna Picchu e a Cidade Sagrada, que são os pontos principais.

machu pichu

Existe aeroporto de Machu Picchu ou de Águas Calientes?
Não. Pra ir de avião, você tem que pesquisar voos pra cidade de Cusco, até o Aeroporto Internacional Alejandro Velasco Astete (CUZ), que fica a cerca de 112 quilômetros de distância do Santuário Histórico. Vale ressaltar que Cusco obrigatoriamente vai entrar em seu roteiro, mesmo que você invente uma forma de ir que não seja de avião.

Quanto custa uma passagem de avião do Brasil pra Cusco?
Em circunstâncias normais, o voo de ida e volta, do Aeroporto de Cumbica (GRU), em Guarulhos (SP), até Cusco, gira em torno de 980 reais, de acordo com os sites Skyscanner e Decolar.

Depois de chegar em Cusco, pra onde eu vou?
Da cidade de Cusco, você pega uma condução até a cidade de Poroy, que é onde fica a estação de trem que vai até Águas Calientes. Lá, você pode subir a pé, a montanha onde fica o Santuário Inca, levando cerca de uma hora e meia. Mas também existe um ônibus que faz a trilha em vinte minutos. O ônibus sai de dez em dez minutos da parada.

Tem que comprar ingresso pra visitar a Cidade Sagrada?
Sim. O Santuário Histórico funciona das 6 até as 17 horas, e é necessário comprar o ingresso no site MachuPicchu.gob.pe. O preço é de 40 dólares. Se não conseguir comprar no site, tente comprar em Cusco ou quando chegar em Águas Calientes. Segundo o blog SOS Viagem, "não há vendas no local", então adquira a entrada com antecedência.




Onde se hospedar, caso queira conhecer Águas Calientes ou Cusco? Tem albergue?
Clique aqui para ler um post a respeito de onde ficar em Machu Picchu. Preparamos uma lista com as dez melhores opções de hospedagem, incluindo hostels ou B&B, no povoado de Águas Calientes e na cidade de Cusco.

Há algum risco de passar mal por causa da altitude?
Sim. Mas tomando os cuidados necessários, não há com que se preocupar. A questão é que a Cidade Sagrada fica a 2.056 metros acima do nível do mar, o que resulta na exposição à baixas condições de pressão de oxigênio, gerando um mal-estar conhecido como "mal de altitude", dependendo do metabolismo de cada um. Em espanhol, o problema é chamado de "soroche", "apunamiento" ou "mal de montaña". Para evitar, é recomendado beber bastante líquido, e chegar um dia antes em Águas Calientes para se aclimatar. Clique aqui para dicas mais aprofundadas.

Qual a melhor época para viajar até Machu Picchu?
Os períodos sem tanto tumulto e com as melhores condições de tempo são os meses de abril, maio, junho, setembro e outubro. Se for em outra época, é quase certo que você tenha que lidar com chuva ou muvuca, todos os dois péssimos se sua intenção é visitar pra tirar fotos.

Luciano F1

Developer

Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Curabitur blandit tempus porttitor. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor.